Indústria de Cimento
Caso de Sucesso: Indústria de Cimento

Supremo Cimento

Conheça em detalhes a solução de nível que está medindo Clínquer nos Silos de Armazenamento, evitando paradas de planta não-programadas e garantindo a manutenção da constante produtividade.

Download PDF
Adrianópolis | PR

Sobre

Fundada em 2003, em Pomerode, Santa Catarina, a Supremo Cimento é uma empresa brasileira que oferece produtos e serviços de qualidade para a construção civil. Em 2009, adquiriu uma jazida de calcário e, com investimentos no aumento da capacidade produtiva, passou a fabricar 400 mil toneladas ao ano.

Em 2011, o Grupo Secil, com mais de 70 anos de atuação no mercado e 2º maior do setor de cimento em Portugal com atuação ainda no Líbano e em Angola, adquiriu parte do capital social da Supremo.

É uma das principais companhias do setor na região Sul do Brasil, produz cimento ensacado e a granel, além de prestar serviços especializados de concretagem através da Supremo Concreto. A Supremo conta atualmente com duas unidades produtivas de Cimento Portland, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, e dez centros de distribuição de cimento ensacado.

Fornecedora de soluções para Medição de Nível com a tecnologia RF Admitancia para a Indústria de Cimento a mais de 30 anos, em 2016 a Lince padronizou mais uma solução para Supremo Cimento, Unidade de Adrianópolis no estado do Paraná.

fonte

O problema encontrado

INCRUSTAÇÃO

Em diversas etapas da produção do cimento, as matérias primas e aditivos são aquecidas em processos de mistura, ou como forma de garantir que os produtos estejam desidratados, com temperaturas que variam de 80ºC a 600ºC. Em alguns desses processos, essas matérias chegam aos silos de armazenagem ainda quentes, podendo causar problemas a medidores de nível comuns.

Neste caso o clinquer chega ao silo de pré mistura a 80ºC, onde é adicionado o gesso. Devido a temperatura, há formação de vapor nos silos, causando incrustações de gesso com clinquer nas paredes dos silos. Nos casos mais críticos, quando o clinquer chega ao silo com temperatura maiores que 90ºC, forma-se uma enorme incrustação no topo do Silo, podendo chegar a mais de 1 metro de espessura.

Quando o material incrustado se desprende da parede do silo, gera no sensor um arraste de material muito grande, danificando o sensor ou destruindo-o.

FATORES CRÍTICOS

Silo de Armazenamento de Clínquer
Silo de Armazenamento de Clínquer

A solução fornecida

LINCE CNU 203

Para as aplicações nos silos de clínquer após o alto forno, fornecemos um elemento sensor mais robusto, projetado para suportar danos mecânicos causados por materiais sólidos com elevada granulometria. É um elemento sensor extra rígido ideal para qualquer processo em silos de armazenamento e silos de transferência de transportadores de correia com minério de ferro, calcário, areia, clínquer, sinter, coque, entre outros.

Silo de Armazenamento de Clínquer
Silo de Armazenamento de Clínquer

Desenvolvido, projetado e fabricado no Brasil, nossos sistemas de medição de nível tipo RF-Admitância Lince acabam de uma vez por todas com grandes problemas clássicos de medição de nível na indústria como incrustação, pó em suspensão, falsos alarmes, medição inconsistente ou equivocada. O equipamento atendeu perfeitamente às expectativas do cliente, gerando uma economia de matéria-prima e h.h. com deslocamento de pessoal para corrigir falhas dos instrumentos de medição de outras tecnologias.

LINCE CNU 203 no Silo de Armazenagem de Clínquer

Resumo do Sistema

Ganhos

Responsável Técnico

Kaio Espinola

Tem um desafio para nós?

Nosso time de engenheiros e arquitetos de processo pode customizar a solução perfeita pra você!

FALE CONOSCO